A CIDADE DE MARAÚ

Situada no lado da península voltada para a baía, nas margens do Rio Maraú, longe das praias e dos turistas, a cidadezinha de Maraú mantém o mesmo ritmo de vida que antigamente. De difícil acesso por carro, a sede do município é uma vila de pescadores com gente acolhedor e ruas e casas antigas que valem uma visita. O mirante na cidade alta oferece uma bela vista para o estuário do Rio Maraú.


HISTÓRIA

Maraú originou-se de um povoado fundado em 1705 por frades capuchinhos italianos que se instalaram numa aldeia de índios denominada "Mayrahú".

Não se sabe a época do desaparecimento da tribo indígena e nem a que ramo pertencia.

Em 1717 o distrito de Mayrahú foi criado e a capela construída pelos frades foi elevada à categoria de freguesia, com o nome de "São Sebastião de Mayrahú", pelo arcebispo D. Sebastião Monteiro da Vide.

A freguesia foi elevada à categoria de vila em 17 de junho de 1761.

Em 30 de março de 1938 a vila foi elevada à categoria de cidade e ganhou o nome atual de "Maraú".

Em 1860, a Inglaterra ganhou uma concorrência para a instalação de uma usina de destilação de querosene em Maraú.

A usina funcionou durante 4 anos nas margens do rio Maraú. Empregava cerca de 500 operários e possuía uma estrada de ferro interna com duas locomotivas. Além de querosene, fabricava velas de espermacete, sabão, ácido sulfúrico e papel encerado para alimentos. As ruínas da fábrica e os trilhos da ferrovia permaneceram até hoje.


O RIO MARAÚ

A cidade de Maraú é um ótimo ponto de partida para explorar o Rio Maraú, nome do braço da Baía de Camamu que se extende por dezenas de quilômetros em direção ao sul, separando a península do continente. Pouco procurado pela maioria dos turistas que prefere as praias, o Rio Maraú esconde paisagens belíssimas, manguezais, matas e cachoeiras.


TREMEMBÉ

Subindo o Rio Maraú se chega a Tremembé, pequena vila de pescadores onde até recentemente só era possível ir de barco. Com a construção da rodovia BA-001, agora é possível ir de carro. A grande atração do lugar é uma grande cachoeira que cai diretamente nas águas da baía (foto). Vale a pena passar um momento no povoado de Tremembé e conhecer a simpatia dos seus habitantes.

Litoral Imoveis Renato Madureira Pousada Fruta PaoVeja as baleias