A BAÍA DE CAMAMU E SUAS ILHAS

Terceira maior baía do Brasil em volume de águas, depois das baías de Todos os Santos e de Guanabara, a Baía de Camamu abriga uma variedade de ilhas de todos tamanhos, além de praias, florestas e manguezais ainda bem preservados. Com ventos constantes e águas fundas e calmas, a Baía de Camamu oferece condições favoráveis para velejar e muitos pontos seguros para ancorar.


PASSEIOS PELAS ILHAS

O barco é o melhor meio de transporte para descobrir este paraíso ainda pouco explorado pelo turismo. Pode-se alugar uma lancha rápida ou um barco nos portos de Barra Grande e de Camamu. Durante a temporada turística, escunas organizam passeios para grupos. O passeio pela Baía de Camamu deve começar pela manhã, para aproveitar melhor o dia.


A ILHA DA PEDRA FURADA

Localizada a 30 minutos de barco a partir de Barra Grande e 1h a partir de Camamu, a Ilha da Pedra Furada deve seu nome a uma rocha cavada pela erosão. A ilha é bem pequena. Possui uma fonte natural e uma praia com águas cristalinas. Ali funciona um único restaurante servindo comida típica.


CAMPINHO

Localizado a três quilômetros de Barra Grande, o povoado de Campinho é conhecido pela casa onde Antoine de Saint-Exupéry se hospedou na década de 1930. Por ter águas muito profundas, o local chegou a ser cogitado para construção de um porto industrial, que acabou sendo transferido para Ilhéus. As águas calmas e límpidas, cercadas de recifes e repletos de peixes, fazem de Campinho um dos melhores lugares da região para prática do mergulho.


SAPINHO E A ILHA DO GOIÓ

Seguindo baía adentro, chega-se ao povoado do Sapinho. Os manguezais são mais abundantes. Tem bares e restaurantes servindo peixes fritos, caranguejos, siris, lagostas e diversas moquecas regadas a azeite de dendê e muita pimenta. É parada obrigatória para quem faz o passeio de escuna pela baía. De frente para o povoado, separado por um pequeno braço de mar, a Ilha do Goió possui lindas praias desertas.


A ILHA GRANDE

É a maior ilha da baía, medindo cerca de 4 km², e a mais povoada, com aproximadamente 1500 habitantes. Possui um porto e várias praias com águas calmas e limpas. Na ponta norte da ilha, a Prainha oferece um cenário cinematográfico. Na Ilha não existe nenhum automóvel. As ruas são trilhas feitas para caminhar. Alias, é o melhor meio de conhecer a ilha. Tem casas residenciais e algumas pousadas.


SE AVENTURANDO MAIS PELA BAÍA DE CAMAMU

Os lugares citados acima são os mais fáceis de acesso a partir de Barra Grande. Infelizmente não é possível visitar toda a Baía de Camamu em um dia só. Quem tiver tempo poderá se aventurar baía adentro e conhecer pequenos lugarejos como Barcelos do Sul, o Tanque, Cajaíba, Âmbar, Ilha das Flores, Ilha Pequena e lugares mais afastados como o Rio Maraú e a Cachoeira do Tremembé.


A CIDADE DE CAMAMU

Porto de embarque para Barra Grande e a Baía de Camamu, a cidade de Camamu está localizada à margem do rio Acaraí em meio a uma área de muito mangue. Antiga cidade colonial, Camamu foi construída em dois andares, como Salvador. Na cidade alta, igrejas e antigas casas coloniais. Na cidade baixa, o porto e os comércios. Para muitos turistas Camamu é apenas um lugar de passagem, mas vale a pena reservar um tempo para conhecer esta cidade carregada de história.

Litoral Imoveis Renato Madureira Pousada Fruta PaoVeja as baleias